Dona Lyda Monteiro, vítima de atentado a bomba na OAB

Foto: Aguinaldo Ramos (JB)

Sala da OAB onde Dona Lyda trabalhava, após a explosão de 27/08/1980